Mamoplastia de aumento: o que é preciso saber sobre a cirurgia de expansão dos seios

Elencamos as informações mais importantes que você precisa saber antes de fazer a sua cirurgia de aumento dos seios. Qualquer paciente ou interessada em realizar a cirurgia precisa estar muito bem informada sobre o procedimento e com suas dúvidas esclarecidas para garantir um bom resultado. Somente assim você poderá se organizar para realizar sua cirurgia plástica da maneira mais confortável e segura possível. Abaixo, seguem as respostas para as principais dúvidas daquelas que pensam em realizar a mamoplastia de aumento:



1. Como ficarão minhas mamas? E as cicatrizes?

As mamas terão seu volume aumentado através da cirurgia, melhorando sua consistência e forma. É possível escolher o novo volume juntamente com seu médico, uma vez que existem vários tamanhos e tipos de próteses que podem ser introduzidas. É necessário que exista uma harmonia entre o volume das mamas e o tamanho do tórax, o que deve ser objetivado no planejamento da cirurgia, feito entre o médico e a paciente. A mamoplastia, como qualquer cirurgia, deixa cicatrizes. No entanto, na mamoplastia de aumento, elas são pouco visíveis, sendo pequenas e bastante ocultas devido à localização. É importante ter em mente que as mamas e sua aparência passarão por vários períodos evolutivos em função do processo cicatricial – cujo desenvolvimento depende do organismo de cada paciente -, conforme é descrito abaixo:


PERÍODO IMEDIATO: Caracteriza-se pelo período decorrente da realização da cirurgia até o 30° dia do pós-operatório. Durante esse momento, apesar de já ser possível notar a diferença nas mamas, sua forma e volume ainda estarão distantes do resultado planejado devido ao edema (inchaço) inicial resultante da cirurgia.


PERÍODO INTERMEDIÁRIO: Ocorre do 30° dia até o 12° mês. Neste período, a mama começa a apresentar uma evolução que tende à forma definitiva. No entanto, elas ainda não estarão apresentando o resultado final. Nesse momento, ainda é possível notar um certo grau de inchaço das mamas. A cicatriz inicia sua fase de espessamento, na qual é possível verificar a mudança de cor, primeiramente mais escura e, aos poucos, mais clara.


PERÍODO TARDIO: Caracterizado pelo período do 12° até o 18° mês. É o momento em que as mamas atingem seu aspecto definitivo, considerando diversos fatores como a cicatrização, a forma, a consistência, o volume e a sensibilidade.

Formas de implementação da prótese mamária

Formas de implementação da prótese mamária.


2. Se eu engravidar no futuro, o resultado será prejudicado?

A gravidez não interferirá nos implantes mamários, no entanto os processos naturais de gestação e de amamentação transformam o tamanho das mamas, o que pode acarretar em futuras mudanças na aparência das mesmas. Assim, no caso de gravidez, entre em contato com o seu médico para tirar suas dúvidas e para avaliar o seu caso em específico, principalmente após o período gestacional.


3. O pós-operatório é doloroso?

De maneira geral, sim. A dor é normalmente maximizada nas primeiras 24-48 horas, passando a ser manejável a partir do quarto dia de pós-operatório. Além disso, é comum que o procedimento de aumento das mamas gere dores e restrinja os movimentos dos braços por no mínimo 15 dias. No entanto, seu médico irá receitar medicamentos para auxiliar na contenção da dor.


Ficha técnica da mamoplastia de aumento.



4. Quais são as recomendações do Dr. Vinícius para a cirurgia de aumento das mamas?

Além das recomendações gerais que você pode encontrar aqui, é sugerido que se evite movimentar os braços em excesso e que a paciente utilize um sutiã especial por no mínimo um mês.


#Silicone #Plástica #MamoplastiadeAumento #AumentodeMama #PrótesedeMama #Seios #Mama #CirurgiaPlástica #mamoplastiadeaumento #cirurgiadaprótesedemama #aumentodemamas #apósamamentação #ptosedamama #prótesedesilicone

Featured Posts
Recent Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square